Foz

Letra e Música: Aline Frazão

penduro-me na tua voz
e atravesso o mundo
descolo tão lentamente
no escuro profundo
de olhos vendados, rendidos
e acedo com a palma da mão
à imensidão dos sentidos
.
qual rio salgando o seu corpo no mar – vou na tua voz
eu, rio, a onda querendo chegar – e tu minha foz
.
penduro-me na tua voz
e o deslumbramento
respira na minha pele
como vela ao vento
teu canto vem abraçar-me
não há n’alma desassossego
que ele não desarme
.
Qual rio salgando o seu corpo no mar – vou na tua voz
Eu, rio, a onda querendo chegar – e tu minha foz
.
Guitarra e Voz: Aline Frazão

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s